sábado, 4 de dezembro de 2010

Definição de Semiologia e Lingüistica

A Semiologia ou Semiótica é a ciência que estuda os sistemas de signos, quaisquer que eles sejam e quaisquer que seja a esfera de sua utilização. 
Os sistemas de signos são decorrentes das práticas socias que um indivíduo dentro de sua comunidade utiliza para transmitir, conservar, aprender e recriar a cultura. 
Essa cultura pode se manifestar de inúmeras formas como os mitos, os quadros de pintura, o alfabeto Morse, sistemas de relação de parentescos,os cardápios, as peças musicais,as modas indumentárias, os processos de advinhações, as instituições como Direito e os jogos deportidos. A semiologia estuda a "realidade cultural" de uma comunidade e portanto se interessa por todos os sistemas sígnicos que tem o homem tem criado e recriado. O objeto da Semiótica é estudar um "conhecimento" da realidade fenomênica que pode se apresentar na manifestação da cultura de um povo. A medida que estuda essas manifestações a Semiótica constitui a ciência das ideologias no seu plano de conteúdo, e a ciência das retóricas no seu plano de expressão. 
A linguística, que faz parte da Semiótica, estuda a principal modalidade dos sistemas sígnicos, a das línguas naturais (português, francês, italiano, etc.) a língua natural internalizada como um mecanismo de primeiro acesso para a sociabilização do indivíduo carrega consigo os valores da sociedade na qual este indivíduo está inserido. Assim as línguas naturais também possuem um cunho ideológico, pois são bastante utilizadas nas trocas que os indivíduos fazem entre si, e com o mundo. E desta forma os indivíduos ao aprenderem a lingua de seu grupo também assimila a sua ideologia. O comportamento então que os indivíduos adquirem são duplamente programados por códigos genético, herdado de seus passados, e lingüístico-ideológico, aprendido do seu grupo.

3 comentários: